07
maio
10

Entrevista 1 – Fernando Stickel

Nesse mundo da WWW fazemos amigos, afetos e desafetos, reencontramos pessoas, encontramos outras tantas, e numa dessas andanças descobri um arquiteto por formação, e hoje apresento a faceta em que me identifico com esse também artista, de bom gosto.

Quem: Fernando Stickel

O quê:  Arquiteto, artista plástico e fotógrafo, Fernando Stickel vive e trabalha em São Paulo

Por que:

– Então caro Fernando, qual o motivo dessa entrevista sua para um Blog que fala quase que exclusivamente de Porsche?

Eu sou o feliz proprietário de um Porsche 911 Carrera 1975, cupê, branco, com estofamento preto, totalmente original.

(Porsche 911 Carrera 1975, como está hoje)

– Como a (o) Porsche entrou na sua vida?

Através do meu amigo Anísio Campos, que, sabendo que eu estava atrás de um carro clássico para comprar, me deu a dica de que seu genro Dagô estava vendendo. Depois de combinarmos encontro e eu dar uma boa volta no carro, pelo qual me apaixonei imediatamente, comprei!

– Restaurar virou um vício ou uma necessidade?

Ambos, pois você precisa andar com o carro, daí a necessidade, e você o quer perfeito, portanto o vício…

– Acha que o restauro terá fim um dia, ou será um ciclo?

A fase mais complexa, longa e cara está prestes a terminar, onde fiz motor, câmbio, suspensão, freios, e parte da funilaria e pintura, tudo 0km!

Em seguida terminarei a funilaria e pintura, que ficou pela metade, remontar ar condicionado e ventilação, e finalmente retoques de tapeçaria.

Daí para a frente imagino que seja manutenção normal, completando talvez com o rádio original, que não tenho ainda, e algum outro detalhe de sofisticação, só chegando lá para saber!

– Chegou a se arrepender ou pensou em desistir em algum momento?

Não, nunca, mas os custos…

(Em Março 2007, quando comprei. Ele estava “travestido’ de Turbo, com asa, etc…)

– Com um clássico jovem de 35 anos nas mãos, qual a sensação de praticamente te-lo recriado?

Deliciosa! Não me canso de observá-lo e admirá-lo, e na estrada o prazer se completa.

– Como um gênio da lâmpada diferente, te concedo apenas um desejo mas com três opções: Um Porsche clássico, um Porsche Zerinho ou um outro carro? E qual?

Um Porsche 911 Turbo 1980, impecável.

-Agradeço a sua atenção, foi um prazer bater esse papo Porschsita, e pra finalizar ,eu pretendo ter um Porsche em breve, algum conselho, dica, sugestão?

O primeiro que te cair na mão, dos anos 60 ou 70, com potencial para restauro, os 356 são muito caros, os mais recentes idem e ainda não são “clássicos”. O modelo 993, construído de 1994 a 1998 apesar de caro, é, na minha opinião, o último Porsche clássico.

——————————————–

Fernando Stickel:

Formou-se arquiteto pela FAU-USP em 1973, e trabalhou com arquitetura e design gráfico, tendo sido responsável pela implantação de nova identidade visual do Banco Itaú em 1983.

Teve experiência em projetos e construções industriais e comerciais.

Participou de inúmeras exposições individuais e coletivas, tendo recebido em 1985 os Prêmios Aquisição Desenho no III Salão Paulista de Arte Contemporânea e no II Prêmio Chandon de Arte e Vinho.

Indicado para receber a bolsa CAPES / FULBRIGHT de especialização em artes nos EUA, morou em Nova York em 1984/85.

Iniciou curso de desenho em seu atelier na Vila Olímpia após retornar ao Brasil, em 1986, encerrando-o em 2006.

Nos anos noventa trabalhou com design de brindes, pinturas especiais para arquitetura, administração e reformas de imóveis.

Lançou seu primeiro livro “aqui tem coisa” pela Editora DBA em 1999 e o livro “Vila Olímpia” pela Editora Terceiro Nome em 2006.

Realiza em 2006 exposição individual de suas fotos “Vila Olímpia” na Pinacoteca do Estado de São Paulo, com curadoria de Diógenes Moura, e no Instituto Goethe em Salvador, BA.

Desde 2004 dedica-se à presidência da Fundação Stickel  http://www.fundacaostickel.org.br

Concluiu em 2009 MBA com especialização em Gestão e Empreendedorismo Social na Fundação Instituto de Administração – FIA/CEATS.

Vem participando ativamente de atividades relacionadas ao Terceiro Setor, sendo também membro do conselho da Associação Paulista de Fundações  http://www.apf.org.br
É associado da Transparência Brasil http://www.transparencia.org.br

Mantém desde 2003 seu blog “aqui tem coisa” http://www.stickel.com.br/atc

Agradeço a todos, ótimo fim de semana e até a próxima.

Tell

Anúncios

1 Response to “Entrevista 1 – Fernando Stickel”


  1. maio 7, 2010 às 11:36 am

    Tell, perfeito!
    Obrigado pela oportunidade, boa sorte!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: