10
out
13

Início da paixão

Ia-se 1996, meu primeiro ano em uma escola grande fora do meu bairro. Essa escola ficava em uma praça, e nessa praça acontecia uma feira livre todas as terças-feiras. Geralmente eu sentava na janela da sala de aula, que dava justamente para a tal praça, onde toda terça-feira eu via chegar um casal de senhores de meia idade em um lindo e grande carro vermelho.


Chegavam cedo, mas já depois de começar minha aula, e estavam lá toda semana sem falta comprando frutas e verduras (creio eu). Naquela época já se via algumas Mercedes e era sabido de uma ou outra BMW, esportivo no máximo um Mazda MX3 ou o novíssimo Tigra da Chevrolet, aquele carro vermelho, nem imaginara o que seria.
Lá pelas 10hs da manhã era o intervalo, mas já tarde para quem queria comprar bons produtos na feira livre da pracinha, ou seja, já não estava mais lá o tal carro que chamava minha atenção. Sempre gostei de carros, corridas, mas nem computador eu tinha, internet com as facilidades de acesso de hoje então nem pensar, talvez uma revista de automóveis, mas também não era tão habitual.
Certa manhã de terça-feira, depois de algumas muitas semanas, talvez a senhora que sempre vinha no carona tenha se atrasado e na hora do intervalo do meio da manhã ele ainda estava lá. Sem muita agonia, mas ansioso, fui andando à passos largos ver de perto aquele esportivo vermelho do capô imenso e faróis redondos, ao invés de ir para a fila do cachorro quente como era de praxe.
Eis que chego discretamente ao lado do tal carro, e descubro que era ‘simplesmente’ um Porsche, que certamente eu já tinha ouvido falar e me era familiar aquele nome, mas no modelo 911; aquele não, era um 968! No momento me veio à mente um carrinho de ferro que eu tinha guardado da infância, nesse caro um modelo ‘diferente’ também, era um 944 da marca nacional Rey, também vermelho e que na sua base tinha algumas informações técnicas como velocidade, potência e afins.

20131010-221852.jpg

Pronto, bastou para eu ficar muito curioso por aquela marca e mais encantado ainda com aquele belíssimo carro, nesse caso um esportivo imponente pelo tamanho e cor. O vi por algumas semanas mais até o fim das aulas, mas já no outro ano a praça passou por uma reforma e a feira livre foi mudada para outro local, e nunca mais vi o Porsche 968, muito menos soube quem era aquele senhor que tinha tão bom gosto e das manhãs de terças-feiras livres.

Muitos anos depois me tornei um colecionador de carros em miniatura, e a predileção por Porsches falou mais alto, e hoje é meu tema principal da coleção.
Há algum tempo adquiri uma miniatura exatamente igual àquele 968 lindo que via pela janela da sala de aula, mas nunca me despertou saudade…até ontem; e hoje resolvi contar-lhes como começou essa paixão.

20131010-221947.jpg

Abraços e até a próxima.

Tell Araújo

Anúncios

6 Responses to “Início da paixão”


  1. 1 Cleverton
    outubro 11, 2013 às 1:10 pm

    O que uma feira livre proporciona às vezes é surpreendente!

    E viva a feira livre de Tell.

    Um abraço amigo.
    Cleverton

  2. 3 Paulo Iglesias
    outubro 11, 2013 às 3:09 pm

    Parabéns para o casal!! Pois se não fosse eles eu não teria meu amigo TELL, EL FOFUCHO DE LAS FERIAS LIBRES!!!!

  3. outubro 11, 2013 às 8:00 pm

    Parabéns meu amigo e muito mais que uma coleção, isto é uma verdadeira paixão. Bela historia e belo começo.

  4. 5 Igor
    outubro 11, 2013 às 10:54 pm

    Sensacional meu amigo…bela história de como começa essa paixão inexplicável por algum tipo de carro especifico!

  5. 6 TauMedeiros
    outubro 13, 2013 às 8:25 pm

    Muito bom Tell! Também sou apaixonado por Porsche e esse deve ser estonteante, digno de amor a primeira vista!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: